Patrona ou ‘patronesse’? Qual é o certo?

Esta pergunta me é feita frequentemente: qual é o feminino de patrono? Sempre respondo que é pa-trona. Mas nem sempre a resposta satisfaz. A patrona, em geral, não sei a razão, não gosta de ser chamada assim. O fato é que, pela definição dos dicionários, patronesse, além de ser palavra estran-geira (francesa) não expressa suas atribuições.

 Vejamos o que o Aurélio diz:

 Patrono

V. padroeiro (2).
2.Advogado, em relação a seus clientes.
3.Na antiga Roma, o senhor, em relação aos seus libertos.
4.Bras. Escritor, artista ou cientista, sob a égide do qual estão as diversas
cadeiras, nas academias e instituições congêneres:
A cadeira no 23 da Academia Brasileira de Letras, da qual
Machado de Assis é o fundador, tem como patrono José de Alencar. 

5.Bras. Chefe militar ou personalidade civil escolhida como figura tutelar de
uma força armada, de uma arma, de uma unidade, etc., cujo nome mantém vivas
tradições militares e o culto cívico dos heróis:
Caxias é o patrono do Exército, Tamandaré é o patrono da
Marinha e Santos Dumont é o patrono da Aeronáutica.

Patrona

Protetora, padroeira.

 Patronesse (Fr)

Senhora que organiza ou patrocina festa ou campanha de beneficência.

 A bem da verdade, saliente-se que o termo “patrona” aparece no dicionário duas vezes. Ele também significa cartucheira, bolsa de couro; patuá, etc. Porém, o que nos interessa aqui é chamar a atenção do leitor para o fato de que patronesse não tem o mesmo significado que patrono. Ou seja, o patrono não faz o que ela faz e vice-versa. Já patrona, sim. Ela é “protetora”, “padroeira”, justamente o que patrono é.

Ultimamente, tenho seguido o seguinte critério nos eventos que apresento: converso com a
patrona, pergunto a ela como prefere ser chamada e me acerto. Ficará muito esquisito chamá-la para falar como “patrona” e, no decorrer do seu discurso, ela dizer: “Fico muito honrada em ser a ‘patronesse’ desta turma…” O pior é que, mesmo combinando antes, isso já aconteceu.

Aproveitando o tema, aqui vão outros termos utilizados em formaturas acompanhados de suas definições.

Grau – Título obtido ao completar-se o curso universitário: Tem o grau de doutor em medicina.

Jurador – Que ou aquele que jura ou tem por hábito jurar.

Alguns dicionários mais antigos trazem o termo “juramenteiro” também. Mas NENHUM registra “juramentista”. Portanto, é melhor que essa palavra seja riscada do roteiro. O pior é que tem colegas mestres de cerimônias e coordenadores de eventos advogando seu uso como certo. Olhar o dicionário de vez em quando não faz mal a ninguém.

Padrinho – 1. Testemunha de batismo, casamento, duelo, etc. 2. Aquele que acom-panhava o doutorando a receber o capelo. 3.Protetor, patrono, paraninfo.

Paraninfo – 1. Padrinho 2. Em certas solenidades, pessoa a quem se prestam home-nagens e que, em geral, as retribui e agradece proferindo discurso.

Amorim Leite

Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Patrona ou ‘patronesse’? Qual é o certo?

  1. Rui Bastos disse:

    Caro Colega,
    Consultei seu sítio para ler sua explicação sobre a diferença entre Patrona e Patroness e concordo com tudo o que lá está escrito, contudo, me chamou atenção o nome do sítio, pois, sempre aprendi em meus cursos de cerimonial pelo Brasil que Formatura eh para Solenidades Militares, para os civis eh Colação de Grau. Aliás que muita gente pensa que tudo eh a mesma coisa, mas, cerimonialisticamente falando, não o eh.
    Gostaria ler o comentário do colega. Grato,
    Rui Bastos

  2. Caro Rui Bastos,
    Essa diferenciação de que falas não existe. Talvez só na cabeça dos militares, que queiram a palavra só para eles. Todas as universidades públicas escrevem oficialmente que formatura é o nome do evento que organizam semestralmente para seus alunos. Os diplomatas do Instituto Rio Branco também tem sua formatura oficial, inclusive com a presença do Presidente da República. Oficializado está, portanto, que não é só para militares. Todos os dicionários, ademais, refletem isso: nenhum dicionário diz que formatura é só para militares. Como dito, oficialmente a regra de que falas não existe.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s